Notícias

Uso de câmeras de segurança tenta coibir assaltos a lotações no RS
Por: Portal G1 28 de Janeiro de 2015 em: Notícias

Cerca de quatro assaltos por dia foram registrados dentro de lotações de Porto Alegre em 2014. Com 70 mil pessoas usando o serviço diariamente e pagando a tarifa de R$ 4,40, o dinheiro chama a atenção de criminosos. Para acabar com os casos de violência, as empresas responsáveis pelo serviço estão aumentando o investimento em câmeras de segurança. Atualmente, o monitoramento já é feito em 40% da frota.

"Tínhamos uma média de quatro assaltos por dia, mas conseguimos reduzir a partir do momento que começamos a colocar câmeras e cofre. Atualmente, o número de assaltos diminuiu para menos de 4 a cada 15 dias”, diz o presidente da Associação de Transporte de Passageiros de Lotação, Magnus Isse.

Em imagens feitas por câmeras de segurança, um jovem entra usando um crachá e chega a pagar a passagem. Ele conversa normalmente com motorista, mas logo anuncia o assalto e leva todo o dinheiro. O condutor, assustado, anda alguns metros e pede emprestado o celular de um dos passageiros para ligar para a polícia.

Em outra lotação, imagens mostram uma tentativa de assalto frustrada. Distraído mexendo no celular, o motorista aguarda o horário para iniciar a linha na Zona sul de Porto Alegre. Um homem pede para embarcar e tenta roubar o dinheiro das passagens. O condutor explica que ainda não pegou nenhum passageiro e chega a dar uma nota que está no seu bolso, mas o assaltante insiste por mais. Ao perceber que o homem não estava armado, o motorista reage, e o bandido foge. Nos dois casos, os assaltantes foram identificados e presos.

Um motorista que não quer se identificar diz que já foi assaltado 44 vezes. "Certa vez me deram 14 facadas. Eles ficaram indignados porque não tinha dinheiro, eu estava com poucos passageiros e era de noite. Tudo com arma no ouvido, na boca e ouvindo que vão matar”, conta.

Clique na imagem para ver matéria completa.

cameras em onibus de RS